Eros Ramazotti: Parla con me

Parla con me

Ma dove guardano ormai
quegli occhi spenti che hai?
Cos'è quel buio che li attraversa?
Hai tutta l'aria di chi
da un po' di tempo oramai
ha dato la sua anima per dispersa.

Non si uccide un dolore
anestetizzando il cuore
c'è una cosa che invece puoi fare
se vuoi, se vuoi, se vuoi...

Parla con me
parlami di te
io ti ascolterò
vorrei capire di più
quel malessere dentro che hai tu.
Parla con me
Tu provaci almeno un po'
non ti giudicherò
perché una colpa se c'è
non si può dare solo a te.
Parla con me

Col mondo messo com'è
anche il futuro per te
lo vedi come un mare in burrasca
Ti fa paura lo so
io non ci credo però
che almeno un sogno tu non l'abbia in tasca


Ma perché quel pianto asciutto?
Non tenerti dentro tutto.
C'è una cosa che invece puoi fare
se vuoi, se vuoi, se vuoi...

Parla con me
parlami di te
io ti ascolterò
vorrei capire di più
quel malessere dentro che hai tu.
Parla con me
tu dimmi che cosa c'è
io ti risponderò,
se vuoi guarire però
prova un po' a innamorarti di te.

Non negarti la bellezza di scoprire
quanti amori coltivati puoi far fiorire
sempre se tu vuoi...

Parla con me
parlami di te
io ti ascolterò
vorrei capire di più
quel malessere dentro che hai tu.
Parla con me
tu dimmi che cosa c'è
io ti risponderò,
se vuoi guarire però
prova un po' a innamorarti di te.
Parla con me... eh!
Parla con me... eh-e

Parla con me
tu dimmi che cosa c'è
io ti risponderò,
se vuoi guarire però
prova un po' a innamorarti di te...
Fala comingo

Mas para onde olham agora
aqueles olhos cansados que você tem?
O que é aquela escuridão que os atravessa?
Você tem todo o ar de quem
há um pouco de tempo agora
deu sua alma por ausente.

Não se mata uma dor
anetesiando o coração
ao invés disso há uma coisa que pode fazer
se quiser, se quiser, se quiser...

Fala comigo
me fala de você
eu escutarei você
gostaria de entender mais
aquele mal estar que você tem dentro.
Fala comigo
Tenta ao menos um pouco
não julgarei você
porque se há uma culpa
não se pode dar só a você.
Fala comigo

Com o mundo como é
também o futuro para você
o veja como um mar tempestuoso
Causa medo, eu sei
mas eu não acredito
que ao menos um sonho você não o espremia no bolso

Mas por que aquele canto seco?
Não manter tudo dentro.
Ao invés há uma coisa que pode fazer
se quiser, se quiser, se quiser...

Fala comigo
me fala de você
eu te escutarei
gostaria de entender mais
aquele mal estar que você tem dentro
Fala comigo
me diz o que há
eu responderei
mas se quiser se curar
experimente um pouco apaixonar-se por si.

Não negue a beleza de descobrir
quantos amores cultivados pode fazer florescer
sempre que quiser...

Fala comigo
me fala de você
eu te escutarei
gostaria de entender mais
aquele mal estar que você tem dentro
Fala comigo
me diz o que há
eu responderei
mas se quiser se curar
experimente um pouco apaixonar-se por si.
Fala comigo... é!
Fala comigo... é!

Fala comigo
me diz o que há
eu responderei
mas se quiser se curar
experimente um pouco apaixonar-se por si.

Todas as letras de músicas apresentadas neste site são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.  

Siga-nos

Newsletter

Receba nossa newsletter. Inscreva-se aqui