Luciano Pavarotti: Volare

Composição: D. Modugno - Migliacci
Volare

Penso che un sogno cosi non ritorni mai piu:
Mi dipingevo le mani e la faccia di blu,
Poi d'improvviso venivo dal vento rapito
E incominciavo a volare nel cielo infinito... 

Volare... oh, oh!
Cantare... oh, oh, oh, oh!
Nel blu, dipinto di blu
Felice di stare lassu 

E volavo, volavo felice
Piu in alto del sole ed ancora piu in su,
Mentre il mondo pian piano
Spariva lontano laggiu,
Una musica dolce suonava
Soltanto per me... 

Volare... oh, oh!
Cantare... oh, oh, oh, oh!
Nel blu, dipinto di blu
Felice di stare lassu 

Ma tutti i sogni nell'alba svaniscon
perché,
Quando tramonta, la luna li porta con sé
Ma io continuo a sognare
Negli occhi tuoi belli, che sono blu
Come un cielo trapunto di stelle 

Volare... oh, oh!
Cantare... oh, oh, oh, oh!
Nel blu, dipinto di blu
Felice di stare lassu

E continuo a volare felice
Piu in alto del sole ed ancora piu su,
Mentre il mondo pian piano scompare
Negli occhi tuoi blu,
Una musica dolce suona per me...

Volare... oh, oh!
Cantare... oh, oh, oh, oh!
Nel blu, dipinto di blu
Felice di stare lassu 

Volare...

Penso che un sogno cosi non ritorni mai piu.
Voar

Penso que um sonho assim não volta nunca mais:
Eu pintava as mãos e o rosto de azul,
Depois de repente era raptado pelo vento
E começava a voar no céu infinito...

Voar... oh, oh!
Cantar... oh, oh, oh, oh!
No azul, pintado de azul
Feliz de estar lá em cima

E voava, voava feliz
Mais alto que o sol e ainda mais para cima,
Enquanto o mundo pouco a pouco
Desaparecia longe lá embaixo,
Uma música doce soava
Somente para mim...

Voar... oh, oh!
Cantar... oh, oh, oh, oh!
No azul, pintado de azul
Feliz de estar lá em cima

Mas todos os sonhos na alvorada desaparecem porque,
Quando o sol se põe, a lua os leva consigo
Mas eu continuo a sonhar
Nos seus olhos belos, que são azuis
Como um céu repleto de estrelas

Voar... oh, oh!
Cantar... oh, oh, oh, oh!
No azul, pintado de azul
Feliz de estar lá em cima

E continuo a voar feliz
Mais alto que o sol e ainda mais para cima,
Enquanto o mundo pouco a pouco desaparece
Nos seus olhos azuis,
Uma música doce soa para mim...

Voar... oh, oh!
Cantar... oh, oh, oh, oh!
No azul, pintado de azul
Feliz de estar lá em cima

Voar...

Penso que um sonho assim não volta nunca mais.

Todas as letras de músicas apresentadas neste site são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.  

Siga-nos

Newsletter

Receba nossa newsletter. Inscreva-se aqui